Referência em modelo de intercooperação, Unium apresenta conceito nas principais feiras do agronegócio

  

Unidade de Beneficiamento de Leite, em Castro (PR)
Créditos: Divulgação

Com mais de 5 mil cooperados, formato integra mercado, fortalece o agronegócio e beneficia a comunidade

Com o objetivo de apresentar a importância e os diferenciais do modelo de intercooperação para o mercado, a Unium marca presença nas feiras Expoleite e Digital Agro, que acontecem no mês de julho. Para o representante da Unium, Auke Dijkstra Neto, é uma oportunidade para mostrar que o conceito é uma decisão acertada. “Nós percebemos que, com essa estratégia, o produto final sai ganhando, principalmente na qualidade. Hoje, grandes empresas no Brasil procuram o nosso produto. As vantagens são diversas, e o resultado está no faturamento de R$ 4 bilhões que conquistamos em 2021. Somos um exemplo positivo e queremos o cooperativismo crescendo sempre mais”, afirma.

Apresentando a intercooperação 

Lançada no mercado em 2017 pelas cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, a Unium é a pioneira no conceito de intercooperação no Brasil. Desde o lançamento, o modelo ganhou destaque no setor do agronegócio e vem aumentando a sua importância para o segmento - inspirando cada vez mais outras iniciativas parecidas no mercado.

Esse princípio tem como objetivo fortalecer as próprias cooperativas, buscando sinergia em oportunidades de industrialização em seus produtos, mas sem perder a identidade de cada uma delas. O formato busca otimizar e evitar investimentos duplicados ou concorrência desnecessária entre elas. As decisões são tomadas em comum acordo com as três cooperativas por meio de comitês gestores. As participações são proporcionais em cada unidade compartilhada. 

Cooperativismo e o benefício à sociedade

As cooperativas baseiam-se em ética, valores e princípios, reinvestindo em suas comunidades e se preocupando com o bem-estar das pessoas. Auke acredita que essa união beneficia também toda a comunidade. “Juntos, podemos transformar a vida não só dos cooperados, mas também da sociedade, beneficiando todo o meio social em que a empresa está inserida.” Com várias ações solidárias nas comunidades, instituições de ensino, em ONGs e demais iniciativas, a Unium contribui com doações de diversos produtos como caixas de leite e pacotes de farinha, reforçando a força do cooperativismo em prol das transformações sociais.

No início de julho, a marca se juntou à mobilização do Dia C (Dia de Cooperar), uma iniciativa nacional liderada pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), que ocorre todo ano no Dia Internacional do Cooperativismo. Dentre diversas ações realizadas por cada cooperativa, a marca de suínos da Unium, a Alegra, serviu lanches para as crianças e presenteou cada uma com um livro sobre higienização das mãos. Além disso, a ação contou com um tabuleiro gigante para um jogo sobre saúde e segurança do trabalho. 

Apoiando a iniciativa e ajudando as comunidades em situação de vulnerabilidade, a Unium contribui com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), da Organização das Nações Unidas (ONU).

Sobre a Unium

Marca institucional das indústrias das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, a Unium representa os projetos em que as cooperativas paranaenses atuam em parceria. Todas as marcas reunidas pela Unium, inclusive a Alegra, são reconhecidas pela qualidade e excelência.

A Unium também conta com três marcas de lácteos: Naturalle - de produtos livres de aditivos -, Colônia Holandesa e Colaso. No setor de grãos, a Unium conta com a marca Herança Holandesa - farinha de trigo produzida em uma unidade totalmente adequada à ISO 22000, o que a qualifica com elevados padrões de exigência.


Postar um comentário

0 Comentários