HUB já tem plano para a abertura da Copa das Confederações



O Hospital Universitário de Brasília já iniciou a preparação final para a abertura da Copa das Confederações, que será no dia 15 de junho. O HUB faz parte do grupo de hospitais que dará apoio no atendimento médico durante a única partida da competição que acontecerá no Distrito Federal: Brasil x Japão. Nesta semana, a instituição iniciou os trabalhos para criação de um gabinete de crise, indicando os coordenadores de equipe e traçando o plano de atendimento aos torcedores.
De acordo com a diretora adjunta de Serviços Assistenciais do HUB, Sâmara Farias, a direção do hospital está trabalhando em um plano para grandes ocorrências. Na Copa das Confederações, o HUB será referência para pacientes de risco amarelo e verde – urgente e pouco urgente, respectivamente.
José Bonifácio Alvin, coordenador do grupo Saúde na Copa, da Secretaria de Saúde do DF, diz que todos os hospitais da rede estarão a postos durante a Copa das Confederações e também para a Copa do Mundo, em 2014. “O HUB e o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) serão referências para os atendimentos de clínica médica. Os casos de acidente vascular cerebral (AVC), trauma e infarto serão encaminhados para o Hospital de Base. Todas as crianças devem ser atendidas pelo Hospital Materno Infantil de Brasília”, afirma Alvin.
No dia 18 deste mês, o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha será inaugurado com a final do Campeonato Brasiliense 2013, entre Brasiliense e Brasília. O evento-teste oficial do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014 no Distrito Federal será a partida entre Santos e Flamengo, em 26 de maio, pela primeira rodada da série A do Campeonato Brasileiro. “Já nesses dois eventos nosso hospital estará pronto para atender os pacientes”, destaca a diretora de Serviços Assistenciais do HUB.
Em 15 de junho, dia da abertura da Copa das Confederações, com o jogo entre Brasil e Japão, o HUB reservará 30% dos seus leitos para emergências que possam ocorrer no estádio e na Esplanada dos Ministérios, locais em que serão instalados telões para transmissão de todos os jogos da competição, além de palcos para a realização de shows.
Alvin afirma ainda que, durante os eventos, toda a capacidade planejada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estará nas ruas do Distrito Federal, pronta para atender a qualquer ocorrência. “No HUB, professores, profissionais de saúde e alunos estarão envolvidos neste grande plano de atendimento”, conclui Sâmara.

Postar um comentário

0 Comentários