Exame de Fundo de Olho pode ser obrigatório em Valparaíso de Goiás

Apresentado na  Câmara de Valparaíso de Goiás, Projeto de Lei de autoria da vereadora Professora Elenir, que autoriza o Poder Executivo a  tornar obrigatório o exame de fundo de olho em recém nascidos, para conscientização e incentivo ao diagnóstico e detecção precoce de retinoblastoma



O teste do olhinho será realizado segundo orientação técnica do pediatra e do oftalmologista responsável pela respectiva unidade de saúde, logo após o nascimento e antes do recebimento da alta hospitalar.

O retinoblastoma é o tumor maligno do olho mais comum em crianças. Ele se origina na retina, uma membrana que reveste a parte interna do olho tem células responsáveis pela visão. Em todo o mundo, cerca de 6 mil crianças desenvolvem retinoblastoma a cada ano. Os tumores pequenos podem não ser notados, por isso, é tão importante a consulta de rotina com o oftalmopediatra nos primeiros anos de vida.

O principal sintoma, presente em 90% dos casos diagnosticados, é a leucocoria, um reflexo branco na pupila, conhecido como 'sinal do olho de gato'. Essa mancha esbranquiçada indica que uma fonte luminosa está incidindo sobre a superfície do tumor e impede a passagem de luz. Sem a passagem de luz, as vias óticas para o centro da visão, no cérebro. "O diagnóstico precoce possibilita o tratamento adequado e aumenta as possibilidades de preservar a visão e a vida da criança acometida pela doença", completou a vereadora Professora Elenir.

Indicações

Zequinha:

Serviço de troca de lâmpadas e operação tapa-buraco em ruas do bairro Setor de Chácaras Anhanguera B.

Fábio Moraes

Serviço de recapeamento asfáltico em rua do bairro Ypiranga;

Professora Elenir

Solicitação de campanhas educativas sobre o mal do uso de pipas com cerol, conforme Lei Municipal;

Formação de grupo para implantação do Programa Maria da Penha vai à escola com ações educativas voltadas ao público escolar;

Colocação de calçadas em toda extensão do setor de Chácaras Ypiranga nas ruas que estão asfaltadas;

Projeto de Lei

Projeto de Lei de autoria da vereadora Cláudia Aguiar – Denominada a Praça da Etapa A como Cassiano Franco .


Ordem do Dia

Terceira discussão e votação do Projeto de Lei que dispõe sobre a obrigatoriedade da intermediação e assessoria de corretores credenciados pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis – CRECI, em todas transações imobiliárias no município  de Valparaíso de Goiás. O intuito é assegurar a segurança, comprometimento e responsabilidade de todas as etapas das transações imobiliárias, evitando possíveis fraudes.

Autoria: Vereador Flávio Lopes

Segunda discussão e votação do Projeto de Lei que dispõe sobre a criação e denominação da Escola Municipal de Ensino Especial Professor João da Silva Filho.

Autoria: Poder Executivo

Primeira discussão e votação do Projeto de Lei que denomina a criação de vagas de estabelecimentos exclusivos para veículos de transporte escolar em frente às creches e escolas de ensino.

Autoria: Vereadora Cláudia Aguiar

Tribuna Popular
A tribuna popular foi requerida pelo senhor Marcilon Duarte para tratar sobre assuntos dos servidores municipais.

Moções de aplausos

Homenageados do vereador Jabá

Fotos: Cleben Lopes.

Ana Andrea Ramalho dos Reis
Formada em educação física pela Universidade Católica de Brasília e enfermeira formada pela FACESA em 2007,com pós-graduação em Saúde Pública e Vigilância epidemiológica atualmente exerce o cargo de coordenadora de imunização sendo responsável pelas vacinas no município de Valparaíso de Goiás.

Antônia Betanhia da Silva Mesquita

Moradora de Valparaíso desde 2002, trabalha como servidora do município desde 2006 seguindo a carreira de agente comunitário de saúde, enfermeira e especialista em saúde do idoso e, também, com especialização em gestão em gerontologia. Atualmente desempenham grande trabalho na coordenação da atenção básica da Secretaria de Saúde.

Márcio Melo
Ao diretor de cidadania e coordenador do CRAS, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Gilvaneide Marques
À gerente de assistência à criança, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Eledite Neres
À Auxiliadora de serviços gerais, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Daniely Lima
À orientadora social, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Suelen Laissa
À responsável pelo CadÚnico, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Érika Mesquita
À psicóloga, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Camila Leão
À assistente social, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Maria de Fátima
À auxiliar administrativo, em reconhecimento aos trabalhos prestados a equipe do CRAS da pracinha da cultura Etapa C, com ações e atendimentos à comunidade em estado de vulnerabilidade social.

Assessoria de Comunicação da Câmara de Valparaíso de Goiás

Texto: Juliana Gentila

Fotos: Cleben Lopes

Postar um comentário

0 Comentários