Fábrica Social produz uniformes para escolas de gestão compartilhada

Duzentos e oitenta e seis alunos fizeram 4.888 camisetas que serão entregues a 13 escolas da rede pública ainda neste semestre


Foto: Mary Leal.

Estudantes das 13 escolas da rede pública de gestão compartilhada com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) receberão 4.888 camisetas de uniformes produzidas por 286 alunos da Fábrica Social, uma iniciativa da Secretaria do Trabalho (Setrab) para promover educação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade. A ação também cria oportunidades para inserção no mercado de trabalho. Eles fizeram todo o processo de confecção das camisetas, do corte e costura até a finalização com a serigrafia. A entrega do material pronto ocorreu nesta terça-feira (7), no Centro de Capacitação e Qualificação Profissional da entidade, na Cidade do Automóvel.

"Essa não é apenas uma ação social. É uma inciativa de inclusão. Mais estudantes estarão uniformizados e se sentirão pertencentes. É uma política de Estado de integração entre as secretarias em prol da população e por mais cidadania"Nivaldo Félix, subsecretário de Apoio às Políticas Educacionais da Secretaria de Educação

O subsecretário de Apoio às Políticas Educacionais da Secretaria de Educação, Nivaldo Félix, destacou a importância dessa iniciativa conjunta entre as secretarias de Educação (SEE), de Transporte e Mobilidade (Semob) e de Segurança Pública. "Essa não é apenas uma ação social. É uma inciativa de inclusão. Mais estudantes estarão uniformizados e se sentirão pertencentes. É uma política de Estado de integração entre as secretarias em prol da população e por mais cidadania", afirmou.

As camisetas serão entregues aos estudantes ainda neste semestre. Os gestores das unidades de gestão compartilhada começarão a distribuição por aqueles alunos que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

"Queremos agradecer aos alunos da Fábrica Social pela produção das camisetas. Tem muito significado saber que, por meio do trabalho de vocês, muitos estudantes serão beneficiados", complementa o chefe da Assessoria Especial para as Políticas Públicas para as Escolas Cívico-Militares da SEE, Wagner Santana.

"Nosso propósito é juntar forças em prol da sociedade. Várias pastas se uniram com essa finalidade", ressalta o subsecretário de Integração de Ações Sociais da Setrab, Daniel Reis.

As camisetas serão entregues aos estudantes ainda neste semestre

Gestão compartilhada
O modelo das escolas cívico-militares já está consolidado no Distrito Federal. São 13 unidades de ensino contempladas na gestão compartilhada entre SEE e a SSP e outras quatro com o Ministério da Educação. O projeto é destinado a estudantes do sexto ao nono ano do ensino fundamental e do ensino médio. Nessas unidades, os profissionais da educação ficam responsáveis, exclusivamente, pelo trabalho pedagógico, cabendo aos servidores da segurança pública cuidar de aspectos relacionados a disciplina.

"Essas camisetas também terão um papel importante na questão da identificação dos estudantes. O uniforme traz mais segurança para o ambiente escolar e vai valorizar ainda mais esse projeto", afirmou o diretor de Monitoramento e Avaliação da Subsecretaria de Escolas de Gestão Compartilhada da SSP, Vanair Carlos da Paz.

Postar um comentário

0 Comentários