Colégio em Curitiba incentiva música e se torna celeiro de talentos no The Voice Kids

Colégio Positivo tem três representantes no The Voice Kids 2022


Rebeca Andrade Cintra
Crédito: divulgação/Colégio Positivo


No Paraná, uma iniciativa de incentivo à música promovida pelo Colégio Positivo está revelando jovens talentos para o restante do país. Em 2022, o colégio contou com nada menos que três alunos e ex-alunos nesta edição do The Voice Kids, programa que já revelou nomes como os também paranaenses Rafa Gomes e Wagner Barreto, ambos da primeira edição, de 2016.

O segredo para tanto sucesso está em estimular, desde cedo, que os estudantes desenvolvam habilidades artísticas. Uma das formas que a instituição encontrou para isso é o Positivo’s Voice, concurso interno para que jovens mostrem seu talento para o canto. Desde que passou a ser realizado, o Positivo’s Voice tem funcionado como oportunidade para que as crianças se descubram na arte e, em seguida, alcem voos mais altos. É o caso de Rebeca Andrade CintraBeatriz Martins Klappoth e João Felipe Teixeira Bistene. Os três estiveram nos primeiros lugares de suas edições do Positivo’s Voice e, em 2022, brilharam no The Voice Kids.

Estudante do 9.º ano do Ensino Fundamental do Colégio Positivo - Ambiental, Rebeca começou a se interessar por música aos sete anos. No concurso do colégio, Beca cantou “Chasing Pavements”, da cantora Adele, a mesma música que interpretou no vídeo de inscrição para o The Voice. Já no palco do programa, ela cantou “Beija eu”, de Marisa Monte, e conquistou o jurado Carlinhos Brown. “Em 2021, entrei para o Positivo’s Voice. Estar no palco do The Voice é uma sensação que não consigo descrever, uma experiência muito incrível”, conta.

Com Beatriz, o caminho foi parecido. A música chamou a atenção dela aos três anos, enquanto se divertia vendo filmes como "A Pequena Sereia" e clipes musicais de Michael Jackson e Lady Gaga. Atualmente, ela cursa a 1ª série do Ensino Médio do Colégio Positivo - Ângelo Sampaio e, nas horas vagas, virou todas as cadeiras dos jurados do The Voice Kids. “Meus pais perceberam que eu tinha talento para cantar e me incentivaram a fazer a inscrição no grupo vocal do Colégio Positivo. Isso foi fundamental para que eu desenvolvesse o meu dom”, detalha.

João Felipe Teixeira Bistene tem 11 anos e foi aluno do Colégio Positivo até 2021, quando se mudou para o interior de São Paulo. No ano passado, ele venceu a categoria 5.º ano na edição do Positivo’s Voice com uma interpretação impecável de “Feelling Good”, um clássico da artista norte-americana Nina Simone. No The Voice, João Felipe escolheu a música “Ben”, que ficou famosa na voz do pequeno Michael Jackson. No último segundo, o jurado Carlinhos Brown também virou a cadeira.

Segundo a assessora de Música do Colégio Positivo, Ana Schreiber, o concurso valoriza as múltiplas inteligências e tem como objetivo proporcionar o desenvolvimento da linguagem musical, da voz e da socialização. "Ano a ano, o projeto Positivo's Voice amplia a prática musical dentro das escolas e oportuniza aos alunos a experiência de cantar individualmente no palco, reconhecendo e incentivando o talento vocal de cada um. Por isso, não ficamos surpresos com os alunos sendo destaques no The Voice. Para os próximos anos, certamente aguardamos ainda mais talentos na competição", destaca.

Veja esses três talentos em suas edições do Positivo’s Voice, antes do The Voice Kids:

Rebeca: https://www.youtube.com/watch?v=80DdxMthGBo 

Beatriz: https://www.youtube.com/watch?v=O0w_MDyLC9Y 

João Felipe: https://youtu.be/7kFXt9UtT-I 

 

Sobre o Colégio Positivo

O Colégio Positivo compreende sete unidades na cidade de Curitiba, onde nasceu e desenvolveu o modelo de ensino levado a todo o país e ao exterior. O Colégio Positivo - Júnior, o Colégio Positivo - Jardim Ambiental, o Colégio Positivo - Ângelo Sampaio, o Colégio Positivo - Hauer, o Positivo International School, o Colégio Positivo - Água Verde e o Colégio Positivo - Boa Vista atendem alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, sempre combinando tecnologia aplicada à educação, material didático atualizado e professores qualificados, com o compromisso de formar cidadãos conscientes e solidários. Em 2016, o grupo chegou em Santa Catarina - onde hoje fica o Colégio Positivo - Joinville e o Colégio Positivo - Joinville Jr. Em 2017, foi incorporado ao grupo o Colégio Positivo – Santa Maria, em Londrina (PR). Em 2018, o Positivo chegou a Ponta Grossa (PR), onde hoje está o Colégio Positivo - Master. Em 2019, somaram-se ao Grupo duas unidades da escola Passo Certo, em Cascavel (PR), e o Colégio Semeador, em Foz do Iguaçu (PR). Em 2020, o Colégio Vila Olímpia, em Florianópolis (SC), passou a fazer parte do Grupo. Em 2021, com a aquisição da St. James', em Londrina (PR), o Colégio Positivo passa a contar com 16 unidades de ensino, em sete cidades, no Sul do Brasil, que atendem, juntas, aproximadamente 16 mil alunos desde a Educação Infantil ao Ensino Médio.

Postar um comentário

0 Comentários