Segurança hospitalar é reforçada no HEF com a presença de novos vigilantes

 


O Hospital Estadual de Formosa (HEF) é uma referência no atendimento hospitalar da cidade e de toda a região. Nos últimos seis meses registrou 41.551 atendimentos.  Normalmente o paciente chega acompanhado, o que duplica o número de pessoas na unidade. Diante do constante crescimento no número de pessoas atendidas e pensando em oferecer mais segurança a pacientes, familiares e colaboradores, a unidade reforçou a equipe de vigilância dentro e nos arredores do hospital.

Atualmente, o HEF, que é administrado pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), conta todos os dias com 30 vigilantes, uniformizados e identificados, 24 horas por dia. Com a medida, fica reforçada a segurança dentro e nos arredores do hospital. A nova equipe tem também a responsabilidades de controlar as entradas e saídas em todas as portarias do hospital.

Profissionais preparados

Muitas vezes, os vigilantes são as primeiras pessoas que acolhem os pacientes ou os familiares na entrada de uma unidade hospitalar, inclusive prestando informações. Por isso, os treinamentos que os profissionais de segurança recebem tem por finalidade assegurar que esses eles lidem sempre assertivamente com o público atendido.

De acordo com Alex Araújo de Freitas, supervisor da empresa de segurança contratada, “os vigilantes destacados para atender esta unidade são experientes e passam por treinamentos periódicos”. Também por isso, estes profissionais atuam na identificação e organização do acesso de motoristas feito pelo estacionamento.

Rondas preventivas

O novo efetivo também executa processos como mapeamento de risco e o gerenciamento de situações de crise que ponham a vida e a segurança de qualquer pessoa em perigo. Além disso, a vigilância externa foi reforçada com as rondas perimetrais preventivas realizadas por vigilantes motorizados. A medida tem como objetivo coibir qualquer tipo de ação ou ato ilícito nas dependências do hospital.

No HEF, os motociclistas circulam 24 horas por dia e têm o apoio dos demais vigilantes em comunicação constante e instantânea. “O processo de proteção é feito a muitas mãos. Quando isso ocorre de forma harmoniosa, minimizamos os riscos e, portanto, o ganho para população é altíssimo”, reforçou Freitas, o supervisor da nova equipe de vigilantes.

Ana Brito, diretora da unidade hospitalar, acredita que a presença dos novos vigilantes trará ainda mais segurança e sensação de bem-estar para a população. “O novo serviço traz um clima ainda mais agradável ao hospital e ficamos felizes em proporcionar um ambiente seguro a todos, começando pela entrada do hospital”, finaliza a diretora.

Sobre o HEF

O Hospital Estadual de Formosa foi estadualizado em abril de 2020. O processo teve início em agosto de 2019 e passou pela aprovação da Câmara dos Vereadores e da Assembleia Legislativa. O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED assumiu a gestão, em junho, com o compromisso de ampliar o atendimento à população instalando 20 leitos de UTI para pacientes com Covid-19.

As obras estão em andamento e durante o processo de regionalização a população continuará contando com os serviços de Pronto Socorro 24 horas, clínica médica, ortopedia e atendimento a gestantes. Passada a urgência da pandemia o Hospital com melhorias na infraestrutura ficará para a região, ampliando as opções de atendimento para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

____________________________________

 

Assessoria de Comunicação Hospital Regional de Formosa/ Ecco Comunicação

Aline Marinho – aline@ecco.inf.br  

Dario – dario@ecco.inf.br

Postar um comentário

0 Comentários