UnDF reúne renomados nomes da educação mundial para discutir estrutura acadêmica e modelos de gestão



Programação on-line será aberta ao público e apresentará exemplos inovadores de gestão universitária nacionais e internacionais


Em dezembro, mais um passo será dado em direção à implementação da primeira universidade pública distrital do país. O seminário gratuito e on-line “ Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes: do projeto à criação” integra agenda da implementação da UnDF e reunirá renomados especialistas em educação para debater sobre estrutura acadêmica e modelos de gestão.

O evento está marcado para os dias 6 e 7 de dezembro, e a programação inclui a participação de especialistas e autoridades educacionais renomadas. Entre os convidados para o seminário está António Nóvoa, doutor em ciências da educação e professor titular da Universidade de Lisboa/Unesco. Considerado um dos grandes pensadores da área, o docente irá proferir a conferência de abertura, com o seguinte tema: "Os sentidos de uma educação superior pública".

Direcionado a docentes, pesquisadores, gestores, entidades de classe e demais interessados, o seminário é gratuito e o link da transmissão e a programação completa estão disponíveis no site projetoundf.com.br.

“Nomes fortes da educação superior debaterão, a partir da realidade distrital, a universidade do nosso tempo. Creio eu que as trocas realizadas no evento serão fundamentais para que a Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes – UnDF possa imprimir diferencial de competência desde seu nascimento, sendo peça importante da transformação socioeconômica do Distrito Federal”, afirmou a professora doutora Simone Benck, reitora pro tempore da UnDF. 

A UnDF é uma realidade - O seminário faz parte da segunda macroação do projeto “Uma Universidade Distrital”, elaborado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe, fruto de acordo de cooperação entre a Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes – UnDF e a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal – FAPDF.

A reitora pro tempore afirma que diversos esforços têm sido realizados para que se dê, de fato e direito, a implementação da UnDF. Em cinco meses foram sancionadas pelo governador Ibaneis Rocha, as leis de criação da UnDF (Lei n. 987/2021) e da Carreira Magistério Superior do DF (Lei n. 6.969/ 2021), legislações de fundamental importância para a instituição da Universidade do DF no ano de 2021, além da promulgação do PELO, proposta de alteração à Lei Orgânica do DF, que garante recursos para estruturação, projetos, pesquisas e inovação da UnDF.

“A Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Nunes é uma realidade. A partir da ampla institucionalização da política de educação superior pública distrital, diversos esforços têm sido realizados para que a consolidação desta Universidade se dê de fato e de direito, e este seminário é uma das ações que fortalecem o compromisso da FAPDF, Cebraspe, Reitoria Pró-Tempore e toda a equipe da UnDF, com a qualidade e o valor social desta instituição desde sua primeira infância”, ressalta Simone Benck.

O evento abrangerá discussões sobre o sentido da educação superior pública, metodologias de ensino e pesquisa, bem como aspectos relacionados ao financiamento, à inovação e às arquiteturas acadêmicas institucionais possíveis para a instituição recém-criada. 

Projeto UnDF – O plano de trabalho do projeto de pesquisa "Uma Universidade Distrital" é embasado em quatro macroações. São elas: estudos de viabilidade de uma universidade distrital; pesquisa de modelos inovadores de gestão universitária com a realização de benchmarking nacional e internacional; pesquisa de modelos inovadores de gestão universitária: proposta de modelagem para estruturação de uma universidade distrital; e pesquisa de metodologias e/ou tecnologias inovadoras de ensino superior.

Esse seminário está inserido dentro da segunda macroação do projeto, a qual objetiva, entre outras entregas, a realização de seminários, encontros e fóruns de debates sobre gestão inovadora da educação superior com ênfase nas áreas relativas à inovação, às tecnologias e às engenharias. Em outubro, também como parte dessa etapa, foi promovido um colóquio on-line para discutir modelos de gestão universitária inovadora e conhecer a estrutura e os modelos de sucesso na implementação de políticas ou ações voltadas para o Ensino, Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico em Instituições de Ensino Superior –  IES.

Marco Antônio Costa Júnior, diretor-presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação do Distrito Federal - FAPDF acredita que a partir das entregas do projeto de pesquisa “Uma Universidade Distrital” a nova instituição de ensino será baseada em métodos inovadores que vão além do ensino. “A FAPDF também vai fomentar a realização dos estudos para a elaboração do projeto arquitetônico de um dos prédios que comporão a estrutura da UnDF. A partir desses estudos, os outros parceiros do projeto como Terracap, Biotic e Novacap, poderão trabalhar na construção do prédio que abrigará os cursos de tecnologia da Universidade e que será erguido no Parque Tecnológico de Brasília", destaca. 

Para o Cebraspe, o projeto é uma iniciativa desafiadora e muito gratificante. “Neste momento, nossas atenções estão voltadas à realização desse evento importante que reforça o compromisso do Cebraspe, nesta e nas fases que se seguem, de atuar de maneira estratégica, auxiliando na realização de ações que permitirão à UnDF se consolidar enquanto espaço para um ensino superior pautado pelas melhores práticas metodológicas e tecnológicas”, acredita a Diretora Executiva do Centro, Cláudia Griboski. 

Simone Benck também destaca os próximos passos da instituição, que inclui a realização de concurso para formação do corpo docente. “O compromisso desta gestão é trabalhar para que a UnDF abra, em 2022, novas vagas nos cursos de graduação e pós-graduação já existentes na Escola Superior de Gestão, na Escola Superior de Ciências da Saúde e na Escola de Educação e Magistério, além de novos cursos superiores em outras unidades a serem instituídas. Para isso, o nosso empenho é realizar, o mais brevemente possível, processo de escolha pública de professores e tutores”, conclui.

Debate aberto ao público – No dia 6 de dezembro, a abertura do evento terá a apresentação do Coral Madrigal de Brasília e está prevista a presença do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. Foram convidados para a abertura, Márcia Abrahão Moura, reitora da Universidade de Brasília; Renata Vianna, superintendente Científica, Tecnológica e de Inovação da FAPDF; Hélvia Paranaguá, secretária de Educação do DF; Ricardo Alves Sande, chefe de gabinete do presidente da Câmara Legislativa do DF, a deputada Arlete Sampaio, presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura - CLDF, Wagner Vilas Boas de Souza, secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Wagner Vilas Boas de Souza.

 

Na sequência, o professor António Nóvoa, da Universidade de Lisboa/Unesco, falará sobre o tema "Os sentidos de uma educação superior pública". No período da tarde, estão programadas duas mesas redondas sobre "Metodologias de ensino da educação superior" e "Pesquisa, financiamento e desenvolvimento regional". 

 

O segundo dia do evento terá início com uma sessão especial sobre os desafios e as perspectivas da UnDF, com a professora Simone Benck. Haverá, em seguida, duas mesas redondas com abordagens sobre "Impactos sociais, culturais e de inclusão social da criação da UnDF para o Desenvolvimento Regional" e "Arquiteturas acadêmicas da Educação Superior". Encerrando as discussões do seminário, haverá a sessão especial: Universidade Estadual do Maranhão - experiências de gestão inovadora. A sessão de encerramento contará com a exposição da Reitora pro tempore da UnDF e da Diretora-executiva do Cebraspe.

 

Para saber mais sobre o Projeto de Pesquisa “Uma Universidade Distrital, acesse o site: projetoundf.com.br

 

Serviço: Seminário Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes: do projeto à criação

Quando: 6 e 7 de dezembro de 2021

Horário: das 9h às 12h30 e das 14h às 18h

Programação completa: projetoundf.com.br/programacao/

Postar um comentário

0 Comentários