CLDF homenageia auditores da vigilância sanitária, categoria que fiscaliza as medidas de segurança no enfrentamento à pandemia

 


Foto: Reprodução/TV Web CLDF

Em audiência pública nesta sexta-feira (6), a Câmara Legislativa comemorou o Dia Nacional da Vigilância Sanitária em evento remoto, transmitido ao vivo pela TV Web CLDF, com tradução simultânea em Libras. O autor da homenagem, deputado João Cardoso (Avante), cumprimentou os auditores de atividades urbanas com especialidade em vigilância sanitária, carreira da qual ele também faz parte, ao destacar as funções exercidas pela categoria, como a regulamentação, controle e fiscalização de produtos e serviços das áreas de alimento, saúde, saneamento e medicamentos. 

O parlamentar salientou o trabalho diuturno desses profissionais durante a pandemia, a exemplo da fiscalização das medidas de segurança sanitária, para garantir a proteção e a saúde da população. “Os serviços da vigilância sanitária estão presentes no cotidiano dos brasileiros, uma vez que a atividade permeia praticamente todos os locais”, afirmou. Ele destacou a atuação da Diretoria de Vigilância Sanitária do Distrito Federal (Divisa-DF), responsável pelas mais de trinta mil ações de auditoria e fiscalização feitas no ano passado. Neste ano, cerca de onze mil ações já foram realizadas. Por outro lado, Cardoso lamentou a remuneração defasada, bem como o déficit de servidores e de aparelhamento. 

Oswaldo Cruz

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, lembrou que a categoria escolheu o dia 5 de agosto para celebrar a atividade em homenagem ao nascimento do médico e sanitarista Oswaldo Cruz (1872-1917). Ao reportar o contexto da pandemia, Torres se solidarizou com as famílias das vítimas de Covid-19 e chamou a atenção para as dificuldades e desafios do momento, que exige interlocução constante entre os gestores e a Anvisa. 

Em firme defesa da vacinação e das medidas de segurança contra a Covid-19, o diretor-presidente da Anvisa reforçou que “vacina boa é vacina no braço”. 


Valorização

O papel da vigilância durante a pandemia foi exaltado por diversos auditores presentes na audiência, que pleitearam a valorização da profissão, a exemplo do diretor da Vigilância Sanitária do DF, Hércules Ribeiro, que agradeceu a homenagem da CLDF. Ele clamou por políticas públicas de prevenção e proteção à saúde e pela valorização da atividade no DF, que hoje sofre com a complexidade do serviço e a carência de recursos humanos, especialmente diante do aumento da população local. “O nosso corpo técnico está minguando”, considerou a auditora Luciane Antunes. 

Em linha tangente, o auditor André Godoy Ramos chamou a atenção para os riscos enfrentados pelos profissionais no exercício da atividade, agravados e mais evidentes durante a pandemia. Ele criticou a perda da insalubridade, adicional cortado mesmo diante do aumento dos riscos. “Precisamos ser valorizados”, frisou. Em outro ângulo, a auditora Berenice Brito lembrou a evolução da própria atividade e o respeito da população para com os profissionais que estão na ponta. No término do evento, o deputado João Cardoso marcou uma reunião para o final deste mês com os participantes a fim de debater os pleitos da categoria. 

Franci Moraes - Agência CLDF

Postar um comentário

0 Comentários