Corrimento rosado é normal? Entenda quando se preocupar

 


ginecologista e coordenador da área na Maternidade Brasília, Marcus Vinícius 

Corrimento rosado é normal? Entenda quando se preocupar

 

O sintoma associado a dores e outros incômodos pode ser sinal de alerta

 

Geralmente apresentar um corrimento rosado em algum momento da vida não demonstra gravidade e pode ser até algo normal. Isso porque pode estar relacionado ao início do ciclo menstrual, alterações hormonais ou ao uso de anticoncepcional. O ginecologista e coordenador da área na Maternidade Brasília, Marcus Vinícius Barbosa de Paula, esclarece as principais dúvidas sobre o tema.

 

Segundo o ginecologista, chamamos de corrimento qualquer secreção vaginal anormal. “A coloração diz muito sobre as características fisiológicas ou patológicas. Quando se apresenta de coloração rósea habitualmente se refere a um mínimo sangramento suficiente para tingir a secreção normal. Pequenos episódios de sangramento podem ser normais, principalmente quando se relaciona a pequenos traumas locais do colo, como no caso das relações sexuais”, afirma o médico.

 

Corrimento rosa é normal?

Sim, ele pode ser normal desde que tenha curta duração e também não apresente nenhum outro sintoma associado como: dor abdominal, dor pélvica, náuseas e, principalmente, cheiro forte. “Caso apresente essas condições, busque atendimento médico para avaliação correta do quadro e indicação de um tratamento”, alerta o médico. As situações que mais comumente causam o corrimento rosado são:

Início do ciclo menstrual;

Menopausa;

Desequilíbrio hormonal;

Uso de anticoncepcional;

Gravidez;

Aborto espontâneo;

Cistos nos ovários;

Doença inflamatória pélvica.

 



Quais os tipos de corrimentos mais comuns após relação sexual?

“O corrimento rosado após relação sexual pode ocorrer devido a pequenos traumas e lesões no canal vaginal, e, isso pode causar algum pequeno sangramento, de baixo volume e curta duração”, explica Marcus. Nesse caso, sem nem mesmo haver a necessidade de um tratamento. No entanto, se o sangramento tiver grande volume, com longa duração é necessária a realização de um exame ginecológico o mais rápido possível.

 

O especialista explica que a secreção vaginal também sofre influência da fase do ciclo menstrual da mulher! “Quando a paciente está na fase ovulatória, a secreção vaginal se apresenta como uma secreção mucoide, como um catarro espesso sem odor, além disso quando a mulher engravida, pode apresentar uma secreção mais abundante”, completa.

 

Corrimento rosado pode ter relação com anticoncepcional?

É normal que algumas mulheres apresentem algum corrimento rosado quando começam a usar ou quando mudam de anticoncepcional. Isso ocorre normalmente quando eles têm baixos níveis de estrogênios ou com apenas progestágenos em sua composição. Isso também pode ocorrer em situações nas quais a pílula não é usada corretamente.

 

Que tipo de corrimento pode indicar gravidez?

corrimento rosado pode indicar gravidez, isso ocorre devido ao período da nidação, ou seja, na fase da implantação do embrião no endométrio – tecido de revestimento interno do útero. Isso não ocorre em todas as mulheres, mas é um acontecimento normal. No entanto, quando o sangramento é intenso deve-se buscar auxílio médico.

 

Quando devo procurar um médico?

Sempre que ocorrem mudanças no corpo é preciso ter atenção. Em caso de corrimento rosado, em pequeno volume e sem sintomas associados, é preciso observar se ele cessa rapidamente. E, em caso de estar associado com outros sintomas, é preciso buscar o atendimento de um médico ginecologista para a realização de um checkup ginecológico.

 

A Maternidade Brasília dispõe de uma equipe altamente especializada e conta com estrutura tecnológica de ponta para a realização de exames e outros procedimentos. Para agendar sua consulta nos Consultórios Médicos Brasília, basta ligar para o telefone: (61) 3315 – 1000.

  


Postar um comentário

0 Comentários