PL do Gás: “Uma vitória do povo brasileiro”, afirma o deputado Sidney Leite


O deputado federal Sidney Leite (PSD/AM) votou pela aprovação do Projeto de Lei do Gás na última terça-feira, 16 de março, na Câmara Federal. Em sua fala na sessão do Congresso Nacional desta quarta (17), o deputado amazonense explicou como que a pauta facilitará a vida dos brasileiros e em especial a população do Amazonas.

“Quero destacar aqui a votação de ontem do PL do Gás. Essa é uma vitória do povo brasileiro que permite uma maior concorrência no setor, mitigar as barreiras que impedem a livre concorrência e facilitar o transporte desse insumo tão importante não só para a geração de energia, mas para boa parte da indústria brasileira”, destacou em seu discurso.

Sidney afirmou que com a nova lei, agora os amazonenses irão pagar menos na conta de luz. “Isso irá de sobremaneira contribuir para a oferta do gás, diminuir para os consumidores, inclusive para o gás de cozinha. Mas eu quero aqui fazer um destaque somente para o Estado do Amazonas em que o gasoduto Coari-Manaus estava com uma previsão orçamentária de investimentos em torno de 2 bilhões de reais, custou quase 5 bilhões de reais alterando e onerando o custo do gás até o dia de hoje. Com essa nova tecnologia que é a lei que aprovamos. Esse novo marco permitirá que esse transporte possa ser realizado com barcaças e carretas, comprimindo o gás até 600x só no estado do Amazonas”, completou o deputado.

No estado do Amazonas, segundo estudos da Fundação Getúlio Vargas (FGV), terá condição de licitar 16 blocos que nos próximos 10 anos haverá um investimento em torno de 40 bilhões de reais com a previsão de mais de 45 mil de empregos no Amazonas, estado que tem o sistema mais isolado da matriz energética do país.

Vale destacar que hoje, o parlamentar é vice-presidente da Comissão de Finanças e Tributação (CFT) e um dos políticos mais influentes do estado do Amazonas.

Postar um comentário

0 Comentários