Vitor Hugo lidera criação de Frente Parlamentar em Apoio ao Produtor de Leite

Requerimento de registro já está no sistema da Câmara dos Deputados para a coleta de assinaturas. Vitor Hugo será o presidente da Frente

Foto: Renato Alves.

O deputado federal por Goiás e líder do Partido Social Liberal (PSL) na Câmara, Vitor Hugo, apresentou, nesta semana, o pedido para a criação da Frente Parlamentar em Apoio ao Produtor de Leite (FPPL). Juntamente com outros parlamentares, como Aline Sleutjes (PSL-PR), Ronaldo Santini (PTB-RS), Sanderson (PSL-RS) e Carla Zambelli (PSL-SP), e com a base produtora de leite em todo o Brasil, Vitor Hugo foi o responsável por articular em benefício da classe. O requerimento de registro da Frente já foi autenticado e está no sistema de coleta de assinaturas da Câmara.

“Precisamos fortalecer a discussão em torno de como valorizar os produtores de leite do nosso país e fortificar a cadeia láctea como um todo no Brasil. O leite é um produto de extrema importância na alimentação do brasileiro. Eu, inclusive, já apresentei um Projeto de Lei, o PL 3292/2020, para estabelecer um percentual mínimo para a aquisição de leite sob a forma fluída com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que está tramitando na Câmara, e agora vamos poder trabalhar mais ainda com a criação desta Frente Parlamentar“, explicou o deputado.

A Frente vai contar com o apoio dos movimentos Construindo Leite Brasil, Inconfidência Leiteira, União e Ação e Aliança e Ação, entre outros, que reúnem milhares de pecuaristas em grupos nas mídias sociais e aplicativos de mensagens. Com essa iniciativa, o líder Vitor Hugo visa buscar aperfeiçoamento da legislação sobre produção de leite; cooperar com entidades governamentais na seleção e acompanhamento das atividades que visem melhorar e inovar a produção de leite no país; incentivar a promoção de debates, simpósios, seminários e outros eventos relacionados à Política Nacional para a Produção de Leite; e promover o intercâmbio com outras Frentes Parlamentares, buscando o aperfeiçoamento recíproco.

Fortalecimento do produtor
O produtor de leite Marco Sérgio Batista Xavier, de Orizona, é um dos coordenadores dos movimentos Aliança e Ação e União e Ação, que reúnem produtores de Goiás, ressalta que a FPPL surge para defender os “interesses republicanos da classe produtora de leite”. Segundo ele, “a Frente será um fórum permanente de discussão de temas de interesse do setor, que envolve cerca de 1,2 milhão de pequenas, médias e grandes propriedades rurais e aproximadamente 5 milhões de pessoas. Com isso, os produtores passarão a ter ainda mais protagonismo nos debates para o fortalecimento e estruturação da cadeia leiteira”.

Postar um comentário

0 Comentários