Projeto incentiva leitura no Distrito Federal

Em tempos de isolamento, o hábito da leitura pode ser uma boa alternativa. Quem ama ler conta, inclusive, com uma data comemorativa no calendário nacional. No dia 7 de janeiro é comemorado o dia do leitor. A boa notícia é que a pandemia mudou a rotina no mundo inteiro e a leitura foi incentivada. De acordo com dados divulgados pelo Painel do Varejo de Livros no Brasil em 2020 a comercialização de livros e e-books aumentou. A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil registrou aumento de 50% de vendas se comparado ao ano de 2019. 

Para quem não tem acesso ou recursos financeiros para aproveitar e viajar nas aventuras de um bom livro, a dica são os projetos de leitura compartilhada. No Distrito Federal, o projeto “Leitura Fort”, proporcionado pela rede do Fort Atacadista, incentiva o gosto de ler por meio da doação de livros.

“Funciona como uma biblioteca livre, onde pessoas de todas as idades podem pegar livros e contribuir com doações. Nessa época, em que as pessoas estão mais em casa, o hábito de leitura pode ajudar muito a enfrentar tantas adversidades que vivemos”, explica a coordenadora de marketing regional do Fort Atacadista, Rafaellen Duarte.

O consumidor pode participar da iniciativa nas lojas da rede em Taguatinga e Sol Nascente. Basta escolher um livro de sua preferência, levar para casa e, depois de lido, devolver para a loja. Doações de exemplares também são bem-vindas e ajudam a enriquecer o acervo. Para garantir o bem-estar dos clientes, tanto as unidades do projeto da “Casinha de Leitura” quanto os livros recebem o cuidado extra de higienização.

Em Brasília-DF, as lojas do Fort Atacadista ficam localizadas nos seguintes endereços:

Sol Nascente | DF | Quadra QNP 27 Área Especial 01 S/N

Taguatinga| DF | Setor M Norte Qd. 1 Cj. A Lt. 1 – Av. Hélio Prates com M Norte

Ceilândia| DF | CNN 1 S/N | Centro


Postar um comentário

0 Comentários