Compra segura: como evitar riscos e fraudes em transações de compra e venda de veículos usados


A compra de um carro usado pode trazer junto com a transação riscos para quem compra e também para as instituições que financiam os veículos. Inúmeras irregularidades, tentativas de fraudes e até mesmo adulterações envolvendo chassis, carros roubados e problemas documentais, podem trazer insegurança para o setor. Especialistas dessa área afirmam que garantir uma compra segura é um dos principais objetivos de quem trabalha com o mercado de compra e venda de veículos usados.

De acordo com o superintendente de Engenharia de Produtos da Tecnobank, Isaac Ferreira, é possível evitar fraudes e prejuízos para todas as partes se, no momento da compra, forem tomados alguns cuidados. "A verificação detalhada do veículo e de sua documentação deve cumprir um passo a passo que hoje em dia é possível de ser facilmente realizado com a ajuda da tecnologia", destaca Ferreira. A Tecnobank lançou recentemente uma ferramenta 100% baseada em dados estatísticos, chamada MaxReport, que realiza um raio-x do veículo por meio de vários recursos, como consulta da placa, decodificação, laudo veicular, informações de leilão e avaliação de garantia. 

Segundo Ferreira, esses recursos geram indicadores de risco. A avaliação de garantia aponta, por exemplo restrições judiciais, como bloqueio do veículo pela justiça, restrições financeiras, quando o carro já possui uma alienação por outra instituição financeira, indicações de furto, roubo e até mesmo qual percentual de valor do  veículo está comprometido com multas. O decodificador permite identificar fraudes no chassi do veículo, porque analisa os 17 caracteres alfanuméricos de um chassi, isto é, o “código genético” do veículo, o que impede ou inibe, por exemplo, uma prática bastante comum que é a tentativa de alteração do modelo do carro, a fim de elevar seu valor perante a financiadora.

Diante de uma realidade de mercado sujeita a tantas influências, soluções dessa natureza, que previnem fraudes e fazem a gestão de riscos, garantindo a transparência e segurança das transações é o que vai garantir o futuro dos negócios. "Hoje em dia, a quantidade de irregularidades e práticas ilícitas neste mercado é enorme e sem o apoio da tecnologia é muito difícil manter a transparência e garantir a lisura das transações. Assim como quem compra quer ter a certeza de que está realizando um negócio seguro, quem financia também precisa estar certo disso, afinal o veículo é a garantia que a instituição possui de que terá o dinheiro emprestado de volta", completa. 

 


____________________________

Sobre a Tecnobank

A Tecnobank é uma empresa brasileira de tecnologia para segmentos de negócios, que desenvolve soluções agregadas que geram segurança e agilidade aos processos eletrônicos dos segmentos bancário, financeiro e de veículos. Homologada pelos órgãos executivos de trânsito, é autorizada a realizar consultas às bases oficiais de informações sobre condutores (Renach), veículos (Renavam) e infrações (Renainf) do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A prevenção e o combate a fraudes, corrupção e a todos os atos que possam representar desvios em relação ao código de conduta da empresa, bem como às normas existentes, são prioridades da Tecnobank, que possui um programa rigoroso de compliance, desenvolvido em parceria com a Warde Advogados, um dos principais escritórios especializados em compliance no Brasil, com consultoria direta do ex-ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão da Controladoria-Geral da União, Valdir Moysés Simão, e do ex-diretor geral da Polícia Federal do Brasil, Leandro Daiello Coimbra. Outra prioridade da empresa é o bem-estar, saúde e segurança de seus colaboradores, o que rendeu à Tecnobank o selo Great Place to Work (GPTW).

Postar um comentário

0 Comentários