Recomeça sexta-feira rota aérea direta Brasília-Buenos Aires


Governador Agnelo Queiroz estará no voo e irá à Argentina para encontros oficiais com ministro da Educação e prefeito da capital

A Aerolíneas Argentinas retomará amanhã (2) o voo direto Brasília-Buenos Aires, que até 2008 era operado por outras empresas aéreas, e nele estará o governador Agnelo Queiroz, que irá ao país vizinho para encontros oficiais com autoridades.

"Estreitando os laços entre Brasília e a capital argentina, podemos firmar um intercâmbio diversificado de boas práticas entre as duas cidades, em áreas como educação, tecnologia, geração de oportunidades, mobilidade urbana e segurança", declarou o secretário-chefe da Assessoria Internacional do GDF, Odilon Frazão.

De acordo com ele, o governador será recebido pelo ministro da Educação da Argentina, Alberto Sileoni, para discutir parâmetros do programa "Brasília Sem Fronteiras".
Essa iniciativa prevê o envio de estudantes das redes pública e privada, universitários, recém-formados e funcionários públicos, todos do DF, nos próximos meses a vários países, entre eles a Argentina.

Agnelo Queiroz também se reunirá, segundo o Palácio do Buriti, com o prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, e o subsecretário de Relações Internacionais, Fulvio Pompeo, para assinar um acordo que tornará Brasília e Buenos Aires cidades irmãs.
"Este é mais um passo rumo à consolidação e ao desenvolvimento de Brasília em nível internacional", acrescentou o secretário-chefe sobre o pretendido entendimento entre as duas capitais, semelhante a outro recentemente assinado pelo GDF com a capital estadunidense, Washington.

O voo Brasília-Buenos Aires, que será diário, sairá do Aeroporto Internacional de Brasília à 1h55 e deverá chegar ao seu destino cerca de quatro horas depois, enquanto o retorno estará programado para o terminal argentino de Ezeiza, às 21h45.

Essa operação, além de reduzir uma série de transtornos aos viajantes do Centro- Oeste, Norte e Nordeste –que até então enfrentam até 15 horas de espera em conexões–ajudará a transformar Brasília em um centro estratégico de convergência aérea, de acordo com Frazão, que acompanhará o retorno do governador domingo.

Postar um comentário

0 Comentários